SOBRE O LED

É inevitável! Chega o fim do mês e há sempre uma preocupação com o valor da conta da eletricidade. Por mais que aproveitemos a luz solar durante o dia, à noite temos de recorrer à iluminação artificial. De acordo com o Portal da Energia, os custos de iluminação representam, em média, cerca de 15% da fatura da eletricidade. Na maioria dos casos, o valor a pagar pode ser bastante reduzido se trocarmos as lâmpadas tradicionais por LED, sigla inglesa de light-emitting diode, díodo emissor de luz em português, apesar do investimento inicial ser maior.

Afinal quais são as vantagens dessa troca?

1. As lâmpadas LED têm uma média de vida de 50.000 horas. Se tiver a luz ligada todos os dias entre as 18h00 e as 24h00, as lâmpadas podem durar 23 anos. Apesar de implicar uma despesa inicial maior, a médio e longo prazo o investimento acaba por compensar.

2. Vai reduzir as emissões de CO2. Graças à entrada de potência nominal mínima, a iluminação com LED reduz as emissões de dióxido de carbono, sendo portanto amiga do meio ambiente.

3. Os raios de luz das lâmpadas LED são isentos de UV (raios ultravioleta) e de IR (raios infravermelhos), o que faz com que paredes, quadros e plantas, por exemplo, não fiquem danificados com o passar do tempo por causa do calor.

4. Devido às cores límpidas e intensas que os modelos à venda no mercado apresentam e que variam entre o branco frio, o branco quente, o vermelho, o verde, o azul e o amarelo, se souber fazer uma boa conjugação de lâmpadas LED, conseguirá criar vários tipos de ambientes em sua casa.

5. As lâmpadas LED hoje tem custo mais acessivél no mercado e duram mais tempo. Como, em termos práticos, podem permitir economizar até 80% da energia, fazem com que gaste menos dinheiro. Nalguns casos, em doze meses consegue sentir algum retorno do investimento.

 

Pague com
  • PagSeguro
Selos
  • Site Seguro

GS CORPORATIVA COMÉRCIO E SERVIÇOS LTDA - CNPJ: 23.751.165/0001-09 © Todos os direitos reservados. 2018